BACK
Cultura & Entretenimento

Globo deverá indenizar hacker que vazou mensagens de Moro

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) condenou a Rede Globo a pagar uma indenização por danos morais de R$ 10 mil a Danilo Cristiano Marques, um dos suspeitos de hackear o celular de Sergio Moro (União Brasil) e outras autoridades. A informação é de Rogério Gentile, colunista do portal UOL.

Ao noticiar que Danilo foi detido em 23 de julho de 2019 pela Polícia Federal (PF), durante a Operação Spooting, o portal g1 disse que o homem tinha uma condenação por roubo. Isso, no entanto, não era verdade.

A defesa, que exigiu uma indenização de R$ 200 mil, afirmou à Justiça que Danilo “nunca foi condenado por crime algum, ao contrário, possui a ficha criminal limpa, não tem antecedentes criminais”.

Click to continue reading

Ao se defender, a Globo disse que a informação havia sido passada pelas autoridades que investigam o caso e, por isso, não poderia ser punida. A Justiça não acatou a argumentação.

Segundo o portal UOL, além da TV Globo, a Empresa Paulista de Notícias, que edita o portal “A Cidade On”, também foi condenada a pagar R$ 10 mil pelo mesmo erro que, de acordo com a empresa, reproduziu informação dada pela PF.

Ainda cabe recurso da decisão.